Jogue fora todas as resoluções!

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Pergunta a Osho:
Se fosse para tomar uma única resolução de ano novo, qual você sugeriria?

Esta e só esta pode ser a resolução de ano novo: Eu resolvo nunca fazer qualquer resolução porque todas as resoluções são restrições do futuro. Todas as resoluções são prisões. Você decide hoje em vez de amanhã? Você destruiu o amanhã.
Permita que o amanhã tenha sua própria existência. Deixe que ele venha à maneira dele! Deixe-o trazer seus próprios presentes.
Resolução significa que você irá permitir apenas isso e que você não irá permitir aquilo. Resolução significa que você gostaria que o sol nascesse no oeste e não no leste. Se ele nasce no leste, você não vai abrir as suas janelas, você vai manter as janelas abertas para o oeste.
O que é resolução? Resolução é luta. Resolução é ego. Resolução é dizer: "Eu não posso viver de forma espontânea." E se você não pode viver de forma espontânea, você absolutamente não vive - você só finge.
Então, deixe apenas uma resolução estar lá: eu nunca vou fazer quaisquer resoluções. Jogue fora todas as resoluções! Deixe a vida ser uma espontaneidade verdadeira. A única regra de ouro é que não existem regras de ouro.
Osho, "Walk without Feet, Fly without Wings and Think without Mind".

Mensagem de Metatron e Sandra M. Luz

Senhor, Meu Deus, Meu Pai e Amigo.
Uma nova jornada se abre para mim e quero que esse novo Ano seja mais um degrau de evolução em minha vida.
Quero que me preencha com Seu Amor e Luz
Que ilumine meu caminho, clareie minha mente e acalme meu coração.
Que me faça ver o melhor no meu semelhante.
Que me ensine a compartilhar, a doar, a perdoar e a amar.
Que coloque Arcanjos me protegendo e Anjos me guiando.
E que sob a vossa Luz eu encontre a minha estrada e cumpra o meu propósito e também siga sem medo, sabendo que tenho sua proteção e benção.
Eu (diga seu nome completo) perdou a todos que me fizeram algum mal nessa vida e em outras vidas.
Eu (diga seu nome completo) peço perdão a todos que fiz algum mal nessa vida e em outras vidas.
Eu (diga nome completo) me perdôo por todo mal que fiz a mim nessa vida e em outras vidas.
E assim, liberto meu coração de todas as mágoas, ressentimentos, tristeza e ódio e traço para mim um novo caminho.
Eu prometo a ti Meu Pai Querido, que procurarei ver a todos com Respeito e Consideração, e se por ventura vier em minha mente o julgamento, lhe peço que ative em meu coração e em minha alma, o Seu Amor e Sua Luz, para que eu lembre que todos somos filhos do mesmo Pai.
Que eu lembre sempre que todos estão em suas caminhadas.
Que em algum momento eu magoarei alguns e eles também farão isso comigo, mas te peço que neste instante mostre ao meu coração e também aos deles, que precisamos perdoar e ser perdoados.
Obrigada Meu Deus por Tudo que recebi e também por aquilo que não recebi, pois tudo tem um propósito e Vos, sabeis o momento certo de chegar a mim o que preciso.
Obrigada, por ser sua criação e por ter colocado dentro de mim sua essência divina.
Obrigada por ter criado um mundo lindo para todos nós, e por ter me mostrado que a beleza esta nos olhos de quem vê.
E Eu prometo, que doarei o meu melhor, pois é isso que me da todos os dias de minha vida, o Seu Melhor.
Amém!

Metraton/Sandra M. Luz

É a energia que encanta

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

- Calunga, eu estava namorando fazia já cinco anos. Nunca pensei que eu fosse me decepcionar tanto. 
- Uai, minha filha. É por isso que namoro é uma coisa perigosa. 
Nem namorar direito vocês sabem. Não sabem. O que é namorar? É olhar a pessoa lá no fundo. É ficar perto, olhando o jeito dela. Você vê a alma, o brilho, mas vê também as porcarias e os medos dela. Namorar não é ficar intoxicando os seus olhos. 
- Ah, essa pessoa é maravilhosa! 
- Quem, minha filha, que é assim? Está para nascer! 
Ela pode ser encantadora, mas não é maravilhosa. Encantadora, porque tem uma energia que a encanta, que a envolve, que acaricia o seu interior. Então, é encantadora. Tem uma expressão inteligente, bastante satisfatória. Tem a ternura a serviço dela, porque se não tiver não adianta. As pessoas fortes e ternas, então, são sempre encantadoras, porque espalham uma energia boa. Isso faz com que os outros mudem à sua volta.

Calunga, "Tudo pelo Melhor".

Responsabilidade é poder, não obrigação

A gente faz muita confusão com a palavra responsabilidade. O povo vem com essa cara de sofredor, de carregador de cruz, dizer que isso é responsabilidade, que sofrimento é responsabilidade. 
- Olhe, minha filha, não estou acreditando nesse negócio de responsabilidade de vocês, não. Não venha com essa conversa para cima de mim de que você é uma pessoa responsável, sacrificiosa e lutadora. 
Vocês estão usando a palavra de forma errada. Isso é para esconder, na verdade, esse negócio de ser mandão, autoritário, ruim, de ser patrão com você, com todo mundo. Você é cheio de sacrifício, cheio de preconceito na cabeça, porque você é guerreiro, lutador, competidor, briguento e encrenqueiro. 
- Ah, sou uma pessoa responsável, Calunga. 
- Uai, minha filha, se você chama isso de responsabilidade, eu prefiro que você seja irresponsável. Pelo amor de Deus, me seja irresponsável! Você vai ver como conserta a sua vida. 
Vocês fazem da vida um sofrimento na cabeça, gente. E dizem que isso é certo? Estão sofrendo e a dor não basta para dizer que está tudo errado? 
- Ah, Calunga, mas você acha que agora vou ser uma irresponsável, uma vagabunda? 
- Pois seja! Se esse é o nome que você dá para ser uma pessoa solta, livre, que aceita a vida como ela é, então seja vagabunda e irresponsável, porque aí vai ser a sua cura. 
Vocês fazem uma confusão de nomes. Não, minha filha, isso é obrigação, é autoritarismo. Responsabilidade não é isso não, minha gente. 
Responsabilidade é a consciência
Do próprio ato e das
Consequências de cada ato.
Responsabilidade é poder
E não obrigação.

É o poder que a gente tem de criar a vida da gente de uma forma ou de outra. Vocês falam tudo errado. Depois, ficam com essas conversas de medo de largar tudo na mão de Deus. Todos covardes, mas o preço da covardia é a dor e a solidão, a doença que o deixa preso na impotência para você ver que não é nada. 
- Ah, minha filha, a vida ensina! Eu fico quietinho, só olhando o pessoal sofrer quieto, aprendendo. Digo para mim: "Olhe, Calunga, aprenda bem, pois a vida ensina através de cada um que você encontra na frente. Olhe o caso de cada um, observe, pois se você tiver olhos e inteligência para ver, não vai precisar sofrer para aprender". 

Calunga, "Tudo pelo Melhor".

O único lado para ficar é o da sua alma

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

A gente vai compreendendo que é importante louvar a Deus em nós, respeitando a nossa natureza, para não encontrarmos na vida os conflitos. 
Para não criarmos situações contra nós, é preciso que estejamos do nosso lado. Muitas pessoas têm dificuldade de saber como é a sua natureza, uma vez que a vida toda elas vêm corrompendo, corrompendo. Precisa de um tempo e de uma atenção para ver bem como é a natureza daquilo que verdadeiramente gosta e a faz sentir-se à vontade, daquilo que são seus verdadeiros impulsos da alma e separá-los do que é falso. 
A gente precisa mesmo pelejar para encontrar, uma vez que há muito tempo vem se enganando, se tapeando, vem aprendendo a copiar os outros, em vez de usar a própria alma, o próprio senso. Esse reencontro, muitas das vezes, custa porque, mesmo que você queira, está muito cheio de porcaria na cabeça, cheio de enganação. Mas vale a pena, uma vez que você queira, que você peça ao Universo que o ajude a encontrar, de verdade, quem você é. 
Mas não pense que não vai levar um tempo para descobrir as enganações que você se pôs, as mentiras que você escutou, as porcarias que você enfiou na cabeça. A maioria das pessoas é enganada, tapeada, corrompida dessa maneira. Então não encontra a felicidade interior. 
A primeira etapa é a humildade para a gente poder encontrar.  Depois que encontrar, precisa manter isso vivo, através do apoio total e incondicional à sua própria natureza. Aí a sua alma se expande e você começa a encontrar realização e felicidade na vida. Mas, antes disso, não tem jeito, não! Ninguém vai ser feliz se não for pelo caminho que Deus colocou para cada um. 
Você só pode ser feliz se estiver conectado com sua verdade. Se você se conectar com as ilusões, seu arbítrio o fará sofrer. Se você se conectar com sua força interior, com sua verdade, com a certeza de Deus em si, então seu arbítrio vai levá-la aos caminhos da felicidade. Por isso, não há escolha. Seu arbítrio pode ser uma grande arma contra você, como pode também ser uma grande força a seu favor. Isso vai depender de como você o usa. Se há muito tempo vem traindo sua natureza, está perdendo de vista quem você é lá no fundo, está em compromisso e débito consigo. Portanto, sua vida não tem colorido e felicidade. 
Se sua vida é infeliz, você é a responsável! Se ela vai mudar para melhor, não sei. Depende do seu empenho, do seu esforço. Deus e a natureza estão sempre prontos a lhe dar os recursos necessários para que você retome à sua casa, que o filho pródigo retome à casa do Pai. Mas depende de o filho querer, depende de ele acordar. E muitas vezes ele só acorda depois de muita dor, sofrimento e cansaço. Ou vai pela inteligência e pela busca. O que você está buscando na vida? Também não importa o que você pensa que está buscando, porque: 
Cada um só busca a si mesmo,
Pois só encontra o que se é.
Não importa o que esteja fazendo, se você está infeliz é porque está contra a sua natureza. Esse esquema é bom porque leva a gente à compreensão interior. 
Muita gente melhora porque reconhece:
- Ah, achei Cristo no meu coração. 
Na verdade, achou a si mesmo. Aí, ela se encontra, toma pé firme e consegue ter uma vida colorida. É uma pena que fica no fanatismo, em vez de compreender que a alma não pode seguir uma escola, senão a própria natureza. Não adianta, minha filha, existe só uma religião no Universo: a natureza. O resto é tudo maneira de os homens enxergarem. 
Há tantas religiões quanto homens no mundo. O que vale é estarmos em paz com a natureza, que é tudo em nós. Em primeiro lugar é dentro de nós, para depois poder se harmonizar com o ambiente. 
O povo anda falando de ecologia, e com toda a razão. Não podemos fazer o que estamos fazendo com a Terra, que é a nossa mãe. Um filho não pode arrebentar, furar uma mãe, deixá-la fraca, doente. A gente tem que tratar bem a nossa mãe Terra. Mas como esse povo pode tratar bem, se nem a si mesmo trata bem? Como pode ter amor pelos outros, tratar bem dos outros, tratar bem de filho, de marido, de pai, se nem trata bem a si mesmo? Mentira! Não trata bem. É tudo falso, é tudo por dever, porque ou tem no coração ou não tem. E quem não faz para si não tem no coração. Eu sinto muito, minha filha, ninguém pode dar o que não tem. Parece que estão dando mas é só por fora. 
Tudo começa dentro de casa, começa conosco, depois se expande, graças a Deus, pelo ambiente, pelo mundo, que tanto precisa que nós cresçamos. 


Calunga, "Tudo pelo Melhor".

Participação

Alguma vez você já percebeu a noite passar? Pouquíssimas pessoas  tomam consciência das coisas que estão acontecendo todos os dias. Você já prestou atenção ao chegar da noite? À meia-noite e à sua canção? Ao nascer do sol e a sua beleza? Temos nos comportados como um bando de cegos. Num mundo tão bonito, vivemos em compartimentos da nossa própria miséria. Ela é familiar; assim, mesmo que alguém querira arrancá-lo dali, você resistirá. Você não quer ser afastado da sua miséria, do seu sofrimento. Em contrapartida, há tanta alegria por toda a volta... você tem apenas que perceber isso e tornar-se um participante, não um espectador.
Filosofia é especulação; Zen é participação. Participar da despedida da madrugada, participar da chegada da noite, participar das estrelas e das nuvens; faça da participação o seu estilo de vida, e toda a existência se transformará numa enorme alegria, num grande êxtase! Você não poderia ter imaginado um universo mais perfeito.
Comentário sobre a carta Participação, “Osho Zen Tarot”.

Ideias absurdas na sua mente

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

O amor é a única religião, o único Deus, o único mistério que tem que ser vivido, compreendido. Quando o amor for compreendido, você terá compreendido todos os sábios e todos os místicos do mundo. 
Não é uma coisa difícil. É tão simples quanto as batidas do seu coração ou a sua respiração. Ele vem com você, não é concedido pela sociedade. E esse é o ponto que eu quero enfatizar: o amor vem com o nascimento, mas não vem plenamente desenvolvido, é claro, assim como todo o resto. A criança tem que crescer.
A sociedade se aproveita dessa lacuna. O amor da criança leva tempo para crescer; enquanto isso a sociedade aproveita para condicionar a mente da criança com ideias falsas sobre o amor. 
Na época em que está pronto para explorar o mundo do amor, você já está abarrotado com tantas bobagens sobre o amor que já não há muita esperança de que seja capaz de encontrar o autêntico e descartar o falso.
Por exemplo, todas as crianças, em todos os lugares, ouvem milhares de vezes que o amor é eterno: depois que ama uma pessoa você a amará para sempre. Se você ama uma pessoa e mais tarde sentir que não a ama mais, isso significa que nunca a amou. Ora, essa é uma ideia muito perigosa. Ela lhe dá uma ideia de um amor permanente e, na vida, nada é permanente. As flores desabrocham pela manhã e, à noite, já murcharam.
A vida é um fluxo contínuo; tudo está mudando, se movimentando. Nada é estático, nada é permanente. Estão lhe transmitindo uma ideia de amor permanente que destruirá toda a sua vida. Você vai esperar um amor permanente de uma pobre mulher e a mulher esperará um amor permanente de você também.
O amor se torna secundário, o permanente se torna mais importante. E o amor é uma flor tão delicada que não pode ser forçada a ser permanente. Você pode ter flores de plástico, que é o que as pessoas têm — casamento, família, filhos, parentes, tudo de plástico. O plástico só tem uma coisa muito espiritual: é permanente. 
O amor verdadeiro é uma incerteza assim como a vida é uma incerteza. Você não pode afirmar que estará aqui amanhã. Você não pode sequer dizer que estará vivo daqui a pouco. A sua vida está mudando continuamente — desde a infância até a juventude, a meia-idade, a velhice, a morte, ela continua mudando.
O amor de verdade também mudará.
É possível que, se você for uma pessoa iluminada, o seu amor tenha transcendido as leis costumeiras da vida. Ele nem está mudando nem é permanente; simplesmente é. Não é mais uma questão de como amar; você se tornou o próprio amor, por isso o que quer que faça é amoroso. Não que você faça algo especificamente que seja amor; faça o que fizer, o seu amor se derramará sobre isso. Mas antes da iluminação o seu amor será exatamente como todo o resto: ele mudará.
Se você compreender que ele mudará, que a sua parceira pode se interessar por outra pessoa e você terá que ser compreensivo, amoroso e ter consideração por ela, deixando que ela siga o caminho que manda o coração — essa é a oportunidade que você tem de provar à sua parceira que a ama. Você a ama; mesmo que ela passe a amar outra pessoa, isso é irrelevante.
Com entendimento, é possível que o seu amor se torne um caso de uma vida inteira, mas lembre-se de que ele não será permanente. Terá altos e baixos, passará por mudanças.
É muito simples de entender. Quando começou a amar, você era muito jovem, sem nenhuma experiência; como o seu amor pode continuar igual se você se tornou uma pessoa madura? O seu amor também amadureceu. E quando você ficar mais velho o seu amor também terá um gosto diferente.
O amor continuará mudando, e de vez em quando ele precisará de uma oportunidade para mudar. Numa sociedade saudável, será possível lhe dar essa oportunidade, sem que o relacionamento seja rompido.
Mas também é possível que você tenha que mudar muitas vezes de parceiro ao longo da vida. Não há nenhum mal nisso. Na realidade, mudando muitas vezes de parceiro ao longo da vida, a sua vida ficará mais rica; e se todo mundo seguisse o que estou lhe dizendo sobre o amor, o mundo inteiro ficaria mais rico.
Mas uma ideia equivocada destruiu todas as possibilidades. No momento em que o seu parceiro olhar para outra pessoa, só olhar, os olhos dele mostrarão essa atração e você ficará fora de si. Você precisa entender que, se um homem perder o interesse pelas mulheres bonitas que vê na rua, pelas atrizes belíssimas do cinema, é isso o que você quer; que ele não se interesse por ninguém a não ser você. 
Mas você não entende a psicologia humana. Se não se interessar pelas mulheres na rua, do cinema, então por que ele se interessará por você? O interesse dele pelas mulheres é a garantia de que está interessado em você, de que ainda há uma possibilidade de que o seu amor possa continuar.
Mas estamos fazendo justamente o oposto. Cada homem está tentando dar um jeito para que sua mulher não se interesse por mais ninguém além dele; ele tem de ser o único foco de atenção da mulher, o seu único interesse. As mulheres estão exigindo a mesma coisa, e ambos estão deixando o parceiro maluco. Focar a atenção numa única pessoa só pode deixar você maluco.
Para ter uma vida mais leve, mais divertida, você precisa ser flexível. Tem que se lembrar que a liberdade é o valor mais precioso e, se o amor não está lhe dando liberdade, então não é amor.
A liberdade é um critério: qualquer coisa que lhe der liberdade está certa e qualquer coisa que destruir a sua liberdade está errada. Se você conseguir se lembrar desse pequeno critério na vida, aos poucos começará a tomar o rumo certo em tudo: nos relacionamentos, nas meditações, na criatividade, naquilo que você é.
Deixar de lado velhos conceitos, conceitos vis. Por exemplo, na Índia, milhões de mulheres morreram queimadas vivas nas piras funerárias dos maridos. Isso mostra que a possessividade do marido é tamanha que ele não quer apenas possuí-la enquanto está vivo, mas tem medo do que acontecerá quando ele estiver morto! Ele não poderá fazer nada depois disso, então é melhor levá-la com ele.
E note que isso só se aplicava às mulheres — nem um único homem saltou na pira funerária da mulher em dez mil anos. O que isso significa? Significa que só as mulheres amam os homens e os homens não amam as mulheres? Significa que as mulheres não têm vida própria? A vida dela se resume na vida do marido? Quando ele morre, a vida dela também chega ao fim?
Essas ideias absurdas foram incutidas na nossa mente. Você tem que fazer uma faxina constante. Sempre que deparar com bobagens na sua mente, limpe-a, jogue-as foraSe você estiver limpo e a sua mente, vazia, você será capaz de encontrar soluções para todos os problemas que surgirem na sua vida.
Osho, "A Essência do Amor: Como Amar Com Consciência 
e Se Relacionar Sem Medo".

Diminua

Se você correr muito rápido, a própria velocidade lhe dá uma intoxicação. É por isso que há tanto vício com a velocidade. Se você dirige um carro, a mente quer ir cada vez mais rápido. Ela lhe torna intoxicado.
A velocidade segrega certas substâncias químicas no corpo e no sangue; por causa disso você gostaria de continuar pressionando o acelerador. Experimente um dia correr rápido e observe o que acontece. Chega o momento no qual a velocidade assume a direção: essa é a aceleração da velocidade.
Exatamente o oposto acontece se você diminuir. O que um Buda está fazendo sob a árvore? – diminuindo a velocidade, nada mais. O que estou continuamente ensinando a vocês? – diminuir a velocidade. Chega um ponto que não há nenhuma velocidade dentro de você, ninguém correndo. Nesse momento a consciência acontece – você se torna iluminado.
Existem dois pólos: um é velocidade; assim você está intoxicado, você fica inconsciente. O outro é nenhuma velocidade – parada total, completa, uma parada absoluta. Subitamente você se torna iluminado.
O método:
Diminua sua velocidade. Coma devagar, caminhe devagar, fale devagar, mova-se bem lentamente, e aos poucos você chegará a conhecer a beleza da inatividade, a beleza da passividade. Assim você não fica intoxicado – você está completamente atento e cônscio.
Osho, "Returning to the Source".

O Bem é a maior defesa

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Queria dar a você muita força, uma força que a gente não dá em termos de energia, mas dá em termos de palavra. A palavra tem uma força muito grande. É um grande instrumento da vida. Por isso, quero ver se passo para você um pouco de força nas minhas palavras. E essa força começa com a necessidade que você tem de aprender a resistir, de aprender a usar a força em benefício próprio, no sentido de não deixar a negatividade do mundo tomar conta de você.
O mal é uma ilusão, embora as pessoas acreditem muito no mal. E vivem se defendendo do mal com maldade. todo mundo se defende disso, se defende daquilo, por causa disso, por causa daquilo. Briga, fica ruim e, com isso, faz a vida negativa. Pois o negativismo é a crença no mal. Muitas vezes, a crença nas coisas más é porque a gente é ignorante das intenções do bem. A gente, então, se confunde muito, e, neste mundo em que vocês estão, a confusão é maior ainda.
É por isso que quero dar uma ajuda para ver se conseguimos uma situação melhorzinha. Vamos melhorar um pouquinho. Estou pedindo para você ter boa vontade consigo, boa vontade com suas fraquezas, um pouquinho de humildade, de espírito alegre, um pouquinho de coragem. Nós vamos dar mais um passinho e, de passinho em passinho, a gente chega lá que nem a tartaruga, mas pelo menos nós chegamos sem muita aflição.
O ambiente está cheio de sugestão negativa: sejam os programas de televisão, os jornais, seja a cabeça poluída das pessoas acreditando no mal, nos perigos da vida, como se a vida fosse uma inimiga, como se tudo de ruim pudesse nos acontecer e precisássemos ficar cheios de defesa e de medo. Ficamos possuídos pelas coisas ruins. É o desânimo que vem causando os piores problemas na nossa vida. Desanimar, desacreditar, duvidar do bem. Quando nós desacreditamos e duvidamos do bem é porque estamos acreditando no mal.
O mal é uma ilusão que só existe se o homem crer. Quando o homem crê, ele se torna mal e produz o mal. O bem é a verdade do cosmo, é a verdade da vida. A verdade é o grande Bem Eterno. Essa verdade é imutável, é maravilhosa. Fora deste planeta, em outros mundos, o Bem Eterno é a realidade. Neste planeta, tudo depende do que você acredita e somos nós que criamos a realidade ou aquilo que sentimos em nós e em volta de nós. Se não vemos a verdade com clareza, se a vemos parcial ou distorcida, ela é uma ilusão. Ilusão é sempre o mal e causa o mal. A Verdade é pura, é sempre o bem e causa o bem.
  • Se você crê numa ilusão, você a torna real como seu poder de crer, e isto é o mal e a sua vida se enche de maldade.
  • Se você crê na verdade pura, realiza o bem e sua vida se enche de bênçãos. 
  • A verdade e seus efeitos existem independentemente do homem. Nas o mal que é ilusão só existe se alguém crer nela.
  • A verdade é absoluta e a ilusão é relativa. 
  • A verdade é absoluta; o homem é que é relativo ao percebê-la.
  • A verdade é absoluta e a realidade é relativa a suas crenças.
A realidade depende da crença de cada um. Se você dá crédito (acredita), a ilusão da falta e da pobreza como um bem é o que vai experimentar na sua realidade. Se você crê na verdade da riqueza como um bem, é a riqueza que vai ser sua realidade. É por isso que faço este apelo para você acordar e ver que tudo está nas suas mãos. Claro que ninguém faz a opção pelo mal por crueldade mas por descuido em assumir o que se quer acreditar. Fazemos também porque mantemos uma ideia primitiva de defesa. 
Usamos a malícia para não ser enganados, a agressividade para não ser dominados, a hostilidade para não ser invadidos, a crítica para corrigir o erro, o medo para evitar catástrofes. Sempre a maldade gerando maldade. E assim por diante: a supervigilância perfeccionista do nosso desempenho para evitarmos fazer alguma besteira, alguma gafe que humilhe a nossa vaidade. Tudo é maldade com maldade. A gente se soca para dentro para evitar fazer alguma besteira e vive sufocado, aterrorizado, massacrado.
Constantemente estamos aqui em volta deste menino que nos escuta e que representa de certa forma o trabalho que fazemos na Terra. Estou sempre ensinando as coisas para ele poder dar nos seus cursos, porque ele é uma pessoa que gosta de questionar tudo, às vezes até demais. E já que ele gosta, a gente aproveita e soma. Vai passando, através deste canal, o que a gente sabe, conseguindo assim espalhar ideias que possam servir para a melhoria das condições de todos nós.
Minha gente, vocês dão muito crédito ao mal, acham que o mal é fatal e que está em todo lugar, enquanto pensam que o bem é casual, que só acontece de vez em quando e em alguns lugares. Isso é um vício mental, não é a realidade. Neste mesmo mundo de vocês, existe gente muito feliz, vivendo muito bem, ao mesmo tempo que existe gente no sofrimento. Ora, o sofrimento e a dor são produtos da crença no mal. Mesmo que a pessoa seja caridosa e faça muitas bênçãos, ela pode estar doente, estar vivendo na miséria, sofrendo com os filhos, com os parentes. E onde houver o sofrimento existe a ignorância ou a crença em coisas negativas. Muitas vezes vocês têm prudência, mas o excesso de prudência é negatividade, é um desastre.
É uma coisa muito louca. Mas, também, se a gente passa a crer no bem, o bem se torna a maior defesa, pois:
O bem gera o bem e o mal gera o mal.
Quem está no bem, portanto, gera o bem. Quem está no mal gera o mal, mesmo que você esteja fazendo malvadezas, por achar que é a maneira de se defender. É sempre assim. Não é por julgar que tem um bom propósito que você vai escapar das consequências.
Ora, se não fizer o bem, as coisas que realmente dão felicidade e alegria na vida, você vai ficar estancado. E como está no mal, acaba atraindo negatividade para você. Repare, minha gente, nas energias negativas que os atacam. Você está bem e, de repente, começa a sentir um desânimo:
- Ah, pra que eu vou lá? Mas pra que eu vou fazer isso, hein?
É a crise do "pra quê",' do desânimo. É a morte da alma, que é o ânimo. Ela vai matando a alma, porque você está crendo na negatividade.
- Ah, Calunga, tudo é difícil. Melhor ficar quieta aqui para não arrumar muito problema.
- Que tudo é difícil, minha filha? Tenha vergonha na cara! Não há nada difícil. É você que está se hipnotizando com negatividade. Vamos embora, com ânimo. Nada é difícil, não! Tudo se arranja.
Depois, ninguém faz nada na vida sozinho, porque Deus em nós, as forças do inconsciente estão sempre conosco, trabalhando para nós quando confiamos nelas. Se não confiarmos, Deus perde o contato. É que nem o rádio. Se não apertar o botão, não enfiar o fio na tomada, vocês não vão me escutar. Confiar em Deus é o fio que nos liga à estação central do suprimento divino. E, além disso, tem que sintonizar na hora certa, senão não vão me ouvir. Pensar no bem que se quer é sintonizar com as faixas positivas do Universo. Não tem que fazer tudo isso? Tudo não tem um jeito de? Então, Deus também só funciona assim. Primeiro, o jeito de funcionar é se ligar; segundo, é confiar; e terceiro é pensar no bem. É mesmo, quantas vezes eu vou confiante de que alguma coisa de bom vai acontecer. Na hora H alguma coisa acontece a meu favor. Eu vou sempre ligado na tomada de Deus, pegando na mão de Deus, que são as forças inconscientes favoráveis. Eu vou mesmo, sem pensar em besteira, em maldade. Se pensar se vai dar certo é porque já está maliciando que é capaz de não dar, então não pense em nada.
  • Eu vou é com Deus, porque só o melhor acontece para mim. 
  • Eu vou com Deus; o que eu não souber, Deus me inspira na hora. 
  • Deus faz as coisas do jeito certo. 
  • De alguma forma, a coisa vai ser boa, está tudo bom. 
  • Tudo, tudo é bom. 
  • Tudo está sempre dando no bem, de um jeito ou de outro.
Por que vou acreditar numa porcaria de uma ilusão? Quem quiser criar ilusão vai ter que dormir na cama que arrumou. Não vou maliciar, não. Estou confiando em Deus e estou no bem, tão bem que a pessoa mal intencionada não vai se sentir bem do meu lado e vai embora. A minha energia de bem vai espantá-la, ou ela vai me respeitar, porque eu sou só o bem. O bem é isso: é a maior defesa. Não tem outra defesa, não. A maior defesa do ser humano é o Bem Maior, o bem positivo. Agora esse bem negativo que você chama de mal necessário é conversa de gente masoquista, de gente ignorante. Aqui não tem nada disso, não.

Calunga, "Tudo pelo Melhor".

O que posso fazer para mudar o mundo

Amados Seres, EU SOU Metatron e trago minha Luz e Amor a vocês. Minha conexão se faz nesse instante para falar sobre a energia que se instalou sobre seu planeta.
Estamos ativando a abertura de Portais para que possam vivenciar nessas frequências vibracionais, o amor e a felicidade, entretanto, para transporem esses portais, necessitam de alguns requisitos importantes. 
Para vivenciarem frequências mais elevadas necessitam vibrar através de pensamentos, palavras e ações uma energia positiva que atrairá isso.
A humanidade esta desperta para as situações que estão vivenciando, entretanto relutam para promover as transformações dentro de si e ao seu redor.
Quando dizemos, que o poder esta dentro de vocês e que podem promover todas as transformações necessárias para sua evolução e do mundo, vocês não acreditam. Perguntam-se: como esta tudo dentro de mim se eu não consigo resolver meus conflitos internos?
Meus queridos, DEUS criou cada partícula de vocês e também criou o mundo em que vivem. 
Vocês acham que ELE criaria um mundo de sofrimento? Vocês acham que ELE faria de vocês SERES ÚNICOS, para que fossem infelizes e trouxessem infelicidade ao mundo que ELE criou?
Não! DEUS criou cada um de vocês para seres felizes, para expressarem suas singularidades compartilhando junto a outros, para que aprendessem e também ensinassem, e para que descobrissem que TODOS são Filhos de DEUS e que, portanto, TODOS fazem parte da FAMÍLIA DIVINA.
DEUS deu a cada um a oportunidade de evoluir, preenchendo cada um de vocês de forma justa com todas as suas virtudes e poderes. Entretanto, alguns descobriram isso e seguiram enfrente evoluindo cada vez mais, mas outros, não acreditaram que são originários de um SER DIVINO e insistem em cultivar dentro de si crenças que não corresponde a VERDADE.
É esse mundo que desejam para vocês?
E então meus queridos eu peço, que APENAS SINTA como esta o seu mundo interno e seu mundo externo.MO seu sentimento dirá a você se esta no caminho certo ou não.
Você quer continuar cultivando dentro de você o medo, a perplexidade, a insegurança, a doença, o desequilíbrio, a falta de fé?
DEUS deseja estender sua mão e ajudá-lo a novamente encontrar seu caminho de Luz e Felicidade, entretanto, se você não estender sua mão e abrir seu coração junto à ELE, a ajuda não poderá chegar até você.
É chegado o momento de acordarem para tudo que vem ocorrendo em suas vidas, e buscarem com determinação, coragem, fé e amor aquilo que tanto desejam; a paz, a saúde, o equilíbrio, a felicidade.
Tudo que vocês estão presenciando pode ser mudado, com uma Ordem de DEUS tudo pode ser mudado, porém ELE deseja que vocês busquem, desejem essa mudança, que recriem suas vidas, vibrando frequências mais elevadas, através de pensamentos criadores construtivos, positivos.
Vocês já sabem que pensamentos negativos só criam esse mundo que vocês estão presenciando e EU CREIO que vocês não desejam esse mundo de dor, sofrimento, que não foi criado por DEUS, mas sim pelos homens.
Deseje mudar, deseje ser feliz. Crie pensamentos positivos.
Diga "EU CO-CRIO que meus pensamentos sejam elevados, que DEUS ilumine minha mente, coração e minha vida.
QUE a Chama Violeta através de Saint Germain traga a Transformação em Minha Vida.
QUE Arcanjo Miguel seccione, seccione, seccione todo o mal, desequilíbrio que estiver comigo e ao meu redor e proteja-me com seu Escudo de Luz.
Você pode mudar o mundo e também sua vida, e para isso ocorrer só precisa acessar dentro de você essa intenção, esse desejo de ser feliz e de que essas mudanças ocorram em sua vida.
O medo, a insegurança, o ódio, os pensamentos negativos só tem força, quando você o alimenta dentro de si e faz deles seus pensamentos diários. Corte essa conexão, mudando seus pensamentos. Quando observar algo que não compactua, envie através de seus pensamentos a intenção de que aquela pessoa ou situação mude.
A sua vida é sua e, portanto, você é responsável pela sua felicidade ou infelicidade.
Ame-se, entenda que não veio para sofrer. DEUS não privilegiou uns e discriminou outros. Mas alguns decidiram ser felizes e outros ainda estão pensando sobre isso.
Quando você decidir ser feliz, as portas se abrirão para você, sua vibração atrairá o que deseja.
Gostaria de pedir a todos que reflitam sobre o mundo que estão vivendo e pergunte ao seu coração: O que posso fazer para mudar o mundo?
Quando você muda, o mundo muda. Faça a sua parte.
Vibre mandando Amor e Luz ao Mundo, olhe cada pessoa que você encontrar com Amor. Doe Luz aquele que você sentiu que precisa de Luz. Não julgue, não critique isso não trará mudança e sim mais julgamento e critica. O mundo necessita de Paz, Amor, Luz e se cada um de vocês enviarem a sua LUZ e seu AMOR, vocês mudarão o mundo.
Desejo que TODOS reflitam sobre o que desejam para si e movam-se em direção a isso.
EU SOU METATRON, o Senhor da Luz.
Mensagem canalizada em 27/nov/2010
por Sandra M. Luz

A nascente já existe

domingo, 26 de dezembro de 2010

O amor não pode ser aprendido, não pode ser cultivado. O amor cultivado não será amor coisa nenhuma. Não será uma rosa de verdade, será uma flor de plástico.
Se você aprende alguma coisa, isso significa que ela veio de fora; não é crescimento interior. E o amor tem que crescer interiormente para ser autêntico e verdadeiro.
O amor não é um aprendizado, mas um crescimento. O que você precisa fazer não é aprender maneiras de amar, mas desaprender maneiras de "desamar"
Os obstáculos precisam ser resolvidos, as pedras têm que ser retiradas do caminho, para que ele possa fluir.
Ele já existe — escondido atrás de muitas pedras, mas a sua nascente já existe. Ele é o seu próprio ser.
Osho, "A Essência do Amor: Como Amar Com Consciência
 e Se Relacionar Sem Medo".

Sensualidade

Pergunta:"O que é sensualidade?"
Sensualidade significa que você está aberto, pronto para pulsar com a existência. Se um pássaro começa a cantar, a pessoa sensual sente, no mesmo instante, a canção ecoar no âmago do seu ser. A pessoa que não é sensual não ouve nada, ou talvez escute só um barulho. A canção não penetra em seu coração.
Um cuco começa a cantar — uma pessoa sensual não sente como se o pássaro estivesse cantando de um mangueiral, mas sim dos recônditos de sua própria alma. O canto do cuco transforma-se no canto da própria pessoa, passa a ser seu próprio anseio divino. Nesse momento, o observador e o observado são um só. Ao ver uma flor desabrochando, uma pessoa sensual desabrocha com ela.
Uma pessoa sensual é líquida, fluente, fluida. A cada experiência, ela torna-se essa experiência. Ao contemplar o pôr-do-sol, se torna o pôr-do-sol. Ao contemplar uma noite sem lua, de uma escuridão silenciosa e bela, ela se torna a escuridão.
Pela manhã, se torna a luz. Ao ouvir uma música, ela é a música; ao ouvir o barulho da água, ela se torna esse barulho. E, quando o vento passa pelo bambuzal, estalando os bambus... ela não está longe deles. Está entre eles, em cada um deles — ela é o bambu.
Ela é tudo o que a vida é. Saboreia a vida em todos os seus meandros. Isso a torna uma pessoa rica: essa é a verdadeira riqueza.
Ser sensual é estar aberto aos mistérios da vida. Seja cada vez mais sensual e deixe de lado todas as condenações. Deixe que o seu corpo se torne uma porta.


Osho, "Corpo e Mente em Equilíbrio".